quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Disco assinado por John para seu assassino à venda

(melhor que segunda e terça) O MIT (Moments In Time) anunciou a venda do disco assinado por John Lennon para seu algoz horas antes dele o matá-lo, em 8 de dezembro 1980.
Pois é. Antes de matar o ex-baixista dos Beatles, Mark Chapman tinha o livro "O Apanhador do Campo de Centeio", de J.D. Selinger, uma cópia do disco "Double Fantasy" e, claro, uma pistola. Ficou de guarda na frente do Edifício Dakota. À noite, quando John e Yoko saíram, deram de cara com Mark. John assinou o disco, colocando até o ano. Cinco horas depois, na volta do casal, Chapman alvejou John Lennon.
Em entrevista para o New York Post, o vendedor de autógrafos Gary Zimet disse que "o álbum é o mais extraordinário artefato na história do rock and roll. Tem a assinatura de Lennon na capa e as digitais reforçadas forensicamente (para ser melhor visualizada) de Chapman na capa interna. Há também as marcas de evidência feitas pelo departamento de polícia de Nova York." A mesma loja já tinha vendido esse disco mas ele retornou. O atual dono desse disco nem quer revelar seu nome com medo de ser ameaçado de morte.
A cousa mais macabra que já vi, mas se te interessou, já digo que além de ser um sádico, você terá que ter cacife pois o preço é de quase um milhão e meio de dinheiros brasileiros. Na cotação: R$1.467.950,00.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Detone! Fale o que quiser, xingue o dono, seja feliz e troque ideias